alert-erroralert-infoalert-successalert-warningarrow-left-longbroken-imagecheckmarkcontact-emailcontact-phonecustomizationforbiddenlockedpersonalisation-flagpersonalizationrating-activerating-inactivesize-guidetooltipusp-checkmarkusp-deliveryusp-free-returnsarrow-backarrow-downarrow-leftarrow-right-longarrow-rightarrow-upbag-activebag-inactivecalendar-activecalendar-inactivechatcheckbox-checkmarkcheckmark-fullclipboardclosecross-smalldownloaddropdowneditexpandhamburgerhide-activehide-inactivelocate-targetlockminusnotification-activenotification-inactivepause-shadowpausepin-smallpinplay-shadowplayplusprofilereloadsearchsharewishlist-activewishlist-inactivezoom-outzoomfacebookgoogleinstagram-filledinstagrammessenger-blackmessenger-colorpinterestruntastictwittervkwhatsappyahooyoutube
Style / fevereiro 2021
Danielle Rines, Reebok Editorial

Definindo um espaço criativo com Ego Ella May

A Reebok acaba de lançar seu icônico Reebok Club C Legacy e Ego Ella May, cantora britânica, compartilha o porquê encontrar um espaço para ser criativa é o primeiro passo para definir seu trabalho como artista.

Quando você escutar a música de Ego Ella May, você será transportado com certeza. Com uma batida de bateria contínua e o vocal suave e único, você se desconecta e entra na história em cada uma das trilhas. Ela tem seu próprio caminho de dar vida ao jazz contemporâneo e ao novo soul, puxando você também para essa viagem. Mas antes da sua música nos tocar, May precisa estar em sua própria zona criativa. Como uma artista premiada que escreve músicas a partir do coração, May entendeu que o mais importante para ser criativa é estar em um espaço seguro. Além de ter aprendido a importância de ser verdadeira ao que ela realmente é.
 
O mundo está sendo um lugar caótico e encontrar abrigo no meio da tempestade, especialmente como artista, é o segredo para a criatividade fluir. "Para mim é necessário um espaço de total confiança. Confiança de que posso ser eu mesma ao redor dos outros e confiança de que a criatividade virá, não importa as circunstâncias." Como May, a Reebok acredita que ter um espaço que proporcione calma é fundamental para criar seu legado. Essa é a inspiração atrás do novo lançamento de Reebok Club C Legacy e é a base na qual ele foi criado. O sneaker celebra àqueles que buscam momentos de calmaria e encontram tempo para recarregar e proteger suas paixões.  
 
Leia o que May fala sobre espaços seguros, motivação e viver o presente.
 
 

A importância de criar um espaço

Todos nós precisamos de um espaço, onde possamos respirar e reiniciar. Para a nativa do sul de Londres, há alguns lugares em que ela se sente em casa. "Meu quarto (onde eu também gravo) ou meu recém-descoberto terraço. Gosto também de ir a uma área chamada Merton Abbey Mills, que é um pequeno vilarejo de lojas, restaurantes e vegetação que vai até o Morden Hall Park." “My bedroom (which is also where I record vocals on my songs), or my newly discovered roof terrace. Depois de lançar seu último álbum, ela tem um processo criativo muito claro. "Eu foco em criar um ambiente calmo a mim mesma diariamente, acordar em um horário confortável, meditar, praticar yoga, comer bem e, claro, anotar meus pensamentos em um papel (para eles não ficarem presos à minha mente).  
 
 
O ócio é essencial para May, não apenas como artista, mas como pessoa. "Eu me recarrego gastando tempo sozinha, porque sou introvertida, tenho minha energia de volta ao sentir a solidão. Leio, escuto música, faço yoga, tomo banho, assisto algo quando estou na cama, esse tipo de coisa." Nada mais nada menos do que sorrir e ter algum "tempo seu" no final de um dia longo. I read, listen to music, do some yoga, have a bath, watch something light-hearted in bed, that kind of stuff.” Muitas pessoas estão sozinhas nesses últimos tempos, mas é sobre o que você faz com o tempo que tornará isso significativo ou não. Crie tempo para você em um espaço que te traga inspiração.
 


 

Lembre-se do seu valor

Encontrar um espaço que você se sinta confortável em criar uma pequena peça do quebra-cabeça. May diz que você precisa se lembrar quem você é. "Quando sinto que está estressante criar, eu tento não colocar muita pressão em mim mesma e lembrar que não é a minha música que me faz legal, é minha vontade em crescer e aprender como ser humano."
 
Para May, parte fundamental de manter momentos de calma e sintonizar a criatividade é fazer pausas. "Eu tento lembrar que meu valor não é em ser apenas uma cantora e isso sempre me ajuda a lembrar que a vida é maior que a música. Mantendo a calma, sendo gentil comigo mesma e priorizando minha saúde mental acima de qualquer coisa", ela diz. I keep calm by being gentle with myself and prioritizing my mental health above everything else,” she says. "Eu gosto de pensar que autocuidado é compromisso. Saber que é sua responsabilidade se levantar quando você está para baixo é o melhor que você precisa fazer agora. Às vezes, autocuidado é um processo chato, porque exige disciplina, quando você não quer; exige escolher amizades que te fortaleçam e também saber dizer 'não', etc. É sobre aprender maneiras de amar a si mesmo e inspirar o amor nos outros." And sometimes you have to check yourself.
 
 
 

Confie no que você sabe

May é comprometida em tirar inspiração dela mesma, de suas próprias experiências e compartilhar isso ao seu redor. A vulnerabilidade está enraizada em seu processo musical. Ela é inspirada por àqueles em quem ela confia seu trabalho para se transformar em música. "Eu posso ser criativa escrevendo música, mas posso também viver uma vida criativa acreditando que não existem dois dias iguais. O que me conduz é bondade, compaixão e estar em serviço de outras pessoas através da minha criatividade." “I live a life where I can be creative by making music, but I can also live a creative life in the sense that no two days are the same and I am able to create a life I am inspired by.
 
May honra seus instintos como artista e encontrou seu espaço para trabalhar e criar. Enquanto isso pode soar que ela está criando um legado, ela diz que isso não era sua prioridade. "Criar um legado não é tão importante para mim, porque pode gerar uma pressão desnecessária (falando por mim). Não é algo que me preocupa, eu tento sempre estar focada no presente e viver o agora." It's not something I really concern myself with; I just work on staying present and living in the NOW.” Não importa qual o caminho que a carreira da May a leva, a base que ela construiu será o que levará seu trabalho a outros horizontes.
Style / fevereiro 2021
Danielle Rines, Reebok Editorial
Rótulos